projetos-em-destaque

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2009, mais de 225 milhões de pessoas em todo o mundo foram diagnosticadas com malária. As mortes ultrapassam a marca de 780 mil. No Brasil, a transmissão está praticamente restrita a Região Amazônica, onde são registrados em torno de 330 mil casos por ano. Como uma forma de controle da doença, a Fiocruz desenvolve o projeto “Apoiadores municipais para o controle da Malária”, que forma equipes de profissionais em vigilância epidemiológica para atuarem em municípios prioritários da região.

As equipes são capacitadas para analisar dados e orientar as intervenções de controle da doença, baseados nos protocolos de trabalho do Programa Nacional de Controle de Malária. Por isso, os profissionais desenvolvem suas rotinas de trabalho em conjunto com equipes de gestão estadual e municipal de controle da doença. Essa parceria visa ainda o repasse de metodologias de trabalho para que, após o término da vigência do projeto, as gestões responsáveis possam continuar desenvolvendo as ações pertinentes.